5 contos de terror!

Resultado de imagem para mistério tumblr

Olá! Dando prosseguimento ao Especial Mês do Terror, o LA hj vai indicar cinco contos MUITO BONS para quem curte sobrenatural, mistério e aquele medo que sobe pela espinha da gente rsr

1.O Homem que Adorava Flores – Stephen King

Era primavera, 1963. Um jovem adorável anda sonhador e amoroso pelas ruas de Nova York disposto a comprar flores para a sua namorada. Aonde passa, uma onda de paixão exala dele e todos podem ver que ali vai um rapaz apaixonado, mas… gente, é conto do Stephen King, claro que uma treta assustadora e séria vai acontecer, né? Adoro a forma como o autor conduz a gente rumo a uma situação surreal, que sempre nos surpreende.

 

Agora as estrelas tinham surgido no céu, cintilando levemente; a travessa era escura e
cheia de sombras, com vagas silhuetas de latas de lixo. O jovem estava sozinho, agora… não, não totalmente.
2. Os Outros – Neil Gaiman
Gaiman sempre traz o mistério das coisas do além para uma realidade palpável a todos nós. Desta vez, ele abordou o contexto do “purgatório”, em que um homem sofre nas mãos de um demônio que o faz sentir todas as dores pelas quais passou e fez os outros passarem em vida. Apesar da situação, o texto faz a gente refletir sobre nossas escolhas, nossos erros e sobre como somos também resultados de cicatrizes acumuladas ao longo do tempo.
– O tempo é fluido por aqui – disse o demônio.
Resultado de imagem para mistério tumblr
3. A Fera – Joseph Conrad
Conrad foi um escritor que conheceu bem as viagens marítimas na época do Neocolonialismo, em fins do século XIX. Suas melhores histórias ( como o fantástico livro O Coração das trevas) se passam neste ambiente e com este conto não é diferente. A fera é um navio que, a cada evento sinistro, mostra-se dotado de um lado muito malévolo, colocando medo nos mares e nas pessoas.
Se algum dia um navio foi encomendado com base em um sentimento de orgulho, foi aquele. Tudo do bom e do melhor. O capitão comodoro da firma seria o comandante, e suas acomodações foram planejadas como se fossem uma casa em terra firme sob uma popa grande e alta que se estendia até quase o mastro principal.
4. – O Chamado de Cthulhu  H.P. Lovecraft                                                                                           Resultado de imagem para mistério tumblr
Um ritual tão antigo quanto a Terra, mórbido e delirante, poderia afetar a mente e a situação das pessoas “civilizadas”? Ao tomar de conta dos estudos e pesquisas do seu tio, um antigo professor de línguas semíticas, o narrador não sabia em que terrenos tenebroso estava se metendo. Ao encontrar a imagem de uma antiga seita, do “culto a Cthulhu”, o narrador e o leitor viajam em uma história sombria, incrível e que incita a nossa imaginação.
A estatueta, ídolo, fetiche ou o que quer que fosse, fora capturada alguns meses antes nas florestas pantanosas do sul de Nova Orleans durante uma batida policial num suposto culto de vodu; e tão singulares e medonhos eram os ritos ligados à peça, que a polícia de imediato percebeu que dera de cara com um culto sinistro totalmente desconhecido para eles e infinitamente mais diabólico que o mais negro dos círculos africanos de vodu.
5. Nau Catarineta – Rubem Fonseca
Um rapaz rico e órfão, cercado pelas tias, fora criado sabendo que levava sobre os ombros uma tradição familiar peculiar e macabra que teria obrigação de cumprir. “A “Nau catrineta” de Rubem Fonseca flutua entre dois espaços, duas culturas, duas literaturas – a brasileira e a portuguesa – lendo a Historia do Brasil de forma macabra, irônica e fantástica, pelo riso, hesitação, e, ao mesmo tempo , estranheza que causa no leitor.” ( http://www.geocities.ws/ail_br/anaucatrinetavelhasreceitas.htm)
No Decálogo Secreto estava definida minha Missão. Eu era o único varão de uma família reduzida, além de mim, a quatro mulheres solteironas e implacáveis.

HORROR FUCKING TAG

Resultado de imagem para roberto carlos
Eu volteeeiiiiii kkkkkkk

Gente, depois de um longo período em que de tudo um pouco aconteceu na minha vida, eu voltei ( agora pra ficar, porque aqui é o meu lugar). E, como é outubro, lembram qual é a tradição do LA nessa época do ano, né? Especial Mês do Terror! Para abrir com chave de ouro, vamos de tag superlegal que eu vi no blog Lua literária (http://lua-literaria.blogspot.com.br/), baseada em personagens famosos de filmes de terror:

  1. Freddy Kruegger: um livro que te tirou o sono:

tag-terror1

A Outra volta do parafuso, de Henry James. O terror que se infiltra aos poucos na trama faz você tremer.

  1. Hannibal Lecter: um livro que você devorou:

terror-tag2

Um que eu li rapidinho foi A Casa das Marés, de Jojo Moyes.

  1. Chucky: um livro pequeno com uma grande história:

tag-terror3

A Metamorfose, Franz Kafka.

  1. Frankenstein: um livro de capa feia:

tag-terror4

Não gosto da capa brasileira de Como eu era antes de você (Jojo Moyes)

  1. Esther Coleman: um livro que te surpreendeu

tag-terror5

Revolução dos Bichos, de George Orwell, pelo caráter de fábula moderna e extremamente interessante.

  1. Samara Morgan: um livro que te deixou no fundo do poço:

tag-terror

O Retorno do Rei, a terceira parte de O Senhor dos Anéis ( J.R.R.Tolkien). Batalhas monstruosas e desenlaces épicos…

  1. Annie Wilkes: um final que você não aceitou e gostaria de mudar:

tag-terror6

O velho e o mar, de Ernest Hemingway. POR QUE O VELHINHO NÃO PESCOU AQUELE PEIXE?!

  1. Drácula: um livro em forma de diário ou cartas

tag-terror8

Acho que o livro neste formato que eu me lembre de ter lido foi Papai Pernilongo, de Jean Webster

  1. Pennywise: um livro em que o vilão atua de várias formas ou o personagem não é o que aparenta:

tag-terror7

No livro O Oceano no Fim do Caminho, de Neil Gaiman, o protagonista faz amizade com vizinhas que de pacatas só têm a aparência e a vilã da história é uma entidade que toma forma de uma mulher, Ursula Monkton.

  1. Norman: um personagem que tenha a mãe superprotetora; ou uma mãe superprotetora:

tag-terror9

Minha Última Duquesa, de Daisy Goodwin. A mãe da protagonista é uma mulher ambiciosa e que asfixia a filha do tanto que pega no pé dela para que ela seja sempre o centro das atenções.

  1. Jason: um personagem revoltado ou um vilão que tenha princípios religiosos:

taag-terror10

Vilão religioso eu lembro logo de Eddie Brock, que é atacado pelo simbionte alienígena justamente na igreja quando estava rezando e se torna o terrível Venom, vilão do Homem-Aranha.