Resenha de O Corpo – Stephen King

 

Imagem relacionada
“Eu nunca mais tive amigos como quando eu tinha 12 anos. Meu Deus, e quem tem?”

O corpo em questão é de um garoto da mesma idade deles (em torno dos 12 anos), que morreu atingido por um trem e ficou na floresta. Um dos meninos da turma, Vern, escuta seu irmão comentar com um amigo sobre o corpo do garoto que estava desaparecido estar na floresta. Vern conta ao seus amigos (Gordie, Teddy e Chris) e, naquele final quente e entediante de verão, parece ser a ideia perfeita de diversão sair por aí e voltar como heróis diante da pequena cidadezinha de Castle Rock.

stand-by-me-4

Gordie Lachance é o narrador; ele conta a história já adulto, formado, estabelecido como um escritor de sucesso (um alter ego do próprio King?). O garoto havia perdido o irmão mais velho há pouco tempo, e ele era mais ligado a Chris Chambers, filho de uma família conhecida como barra-pesada na cidade e que era o mais maduro dos quatro. Vern Tessio era conhecido por ser o mais “lento” e medroso, e Teddy Duchamp era traumatizado por maus tratos na infância, um tanto quanto pirado, meio cego e surdo.

stand-by-me-2

 

Eles saem caminhando pelos trilhos da ferrovia que corta a região e, neste momento da resenha, você já deve ter reparado que conhece essa história de algum lugar, e conhece mesmo: O Corpo virou o filme Conta Comigo, de Rob Reiner, um clássico da Sessão da tarde.

Talvez por isso, por ter passado uma boa parte da minha vida assistindo a esse filme, e por me lembrar tanto da infância, ler O Corpo tenha sido tão emotivo para mim. A história que já conhecia há tempos ainda estava ali: a fuga do trem, as histórias mirabolantes que Resultado de imagem para stand by me tumblr gifGordie já sabia criar (como a famosa parte em que ele conta sobre um concurso de tortas que acabou em vômito generalizado), a parte do mergulho no lago e do ataque de sanguessugas… mas, quando você é adulto, já tem tantas responsabilidades, já teve sua cota de lágrimas e decepções, que às vezes uma história como esta, sobre crescimento e descoberta, tem o poder de te pegar desprevenido.

Resultado de imagem para stand by me tumblr gif

Nosso olhar sobre esta história que fala de um verão distante e inesquecível, de um tempo que não volta mais, é o mesmo de Gordie ao falar daquele evento que ele guardou para sempre na memória. Sem dúvidas, O Corpo é pungente, emocionante, melancólico e nostálgico, uma das melhores histórias já criadas por Stephen King.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s