Crônica: Sentir

Tumblr-Pictures-Love-11-HD-Wallpaper

Eu queria ter as palavras mais bonitas e precisas.

Para quê?, você pergunta.

Apago.

Escrevo.

Isso não presta.

Volto.

Recomeço.

De repente, tudo e nada vêm à minha mente. De repente, uma música, o cansaço do dia inteiro, todas as dúvidas, as emoções conflitantes, tudo quer transbordar.

É o tudo e o nada que espinham, que cutucam. Forma-se um nó na garganta, coisas voam como vespas tenazes em torno do seu juízo. E se fulano não quiser falar comigo? E se sicrano guarda alguma mágoa de mim? E se o U2 vier mesmo para o Brasil, por que ainda não juntei dinheiro para ir? E se, e se, e se. Coisas bobas importantes úteis fúteis cheias vazias esmagadoras leves misteriosas claras grandes finitas.

Por que você apenas não sossega?

Você mandaria Clarice Lispector se aquietar? Não imagino isso. Ou: Virgínia Wolf, senta aí mulher, deixa de neura. Fernando Pessoa, hômi, para de nóia, tu é um só apenas e acabou-se a história. Drummond, negócio de gauche, isso é coisa de desocupado. Será que eles também não eram movidos por este tridente invisível que ficava cutucando-os até ele se sentarem e começarem a escrever?

Por que você não pode simplesmente ser como todo mundo?

Eu lá sei como é todo mundo!

Mal sei de mim, essa colcha de retalhos que anda, fala, pensa, sente. Não sei como é não colocar pra fora o que me anseia, como é não perceber isso direito, como sublimar as inquietações mais interiores de forma a enterrá-las no fundo da alma. Será que tem gente que nasce sentindo mais que os outros? Enxergando mais fundo, como se guardasse um pouco mais de humanidade dentro de si, com toda a consciência de nossas idiossincrasias que outros? Será que eu sou uma dessas pessoas que é meio isso, radar às vezes despreparado para tanta exposição à dores, medos, amores, guerras, tristezas, alegrias?

“Só o acaso estende os braços pra quem procura abrigo e proteção.” (Legião Urbana)

Anúncios

3 comentários sobre “Crônica: Sentir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s