Primeiro livro da série Fundação, de Isaac Asimov

fundacao_frente_alta

Olá!!

A resenha do LA hoje é sobre o primeiro livro da série de ficção científica Fundação, livro o qual leva o mesmo nome. Se você é fã do gênero, com certeza já deve ter se deparado com algo do autor de Fundação por aí, seja em filmes ( Eu, Robô, O Homem Bicentenário) ou na literatura.

isaac-asimovIsaac Asimov, um russo que se naturalizou norte-americano, é considerado uma das referências máximas no mundo sci-fi. Como era bioquímico por formação, seu apreço pela tecnologia ficou evidente em suas obras, tendo criado, inclusive, as chamadas “três regras da robótica”. A criatividade aliada a um grande conhecimento científico transformaram  seus escritos em textos ricos, surpreendentes e incríveis.

asimov internetFundação é considerada a obra máxima dele, tendo, em 1966, ganhado de O Senhor dos Anéis (!) como a “melhor série de ficção científica e fantasia de todos os tempos”. Para escrever a saga, o autor teve como referências o estudo de momentos históricos e culturais que permearam nossa história, como a expansão e queda do Império Romano, o Destino Manifesto e o nazismo, por exemplo.Tudo começa quando um grande estudioso, Hari Seldon, utiliza suas análises em psico-história ( um tipo de ciência que, ao meu ver, seria um cruzamento entre história, sociologia e estatística) para categorizar que o Império Galáctico que governava várias galáxias estava por um fio.

Nolan produz Fundação de Asimov  para HBO 3É preciso saber que, no contexto da série, séculos a frente do qual vivemos os seres humanos viveriam espalhados pelo universo estando sob a égide do império citado.Hari Seldon, então, consegue que os poderosos do Império lhe deem um planeta já na periferia dos seus domínios, Terminus, com o objetivo de criar uma enciclopédia que auxiliaria a humanidade a atravessar o período de caos que estaria por vir segundo os prognósticos da psico-história.

O livro é dividido em cinco partes, em que o leitor acompanha todas as previsões de Seldon até cerca de 150 a 200 anos após as primeiras pessoas terem chegado a Terminus. Como cada parte é um recorte no tempo, em épocas diferentes aparecem personagens carismáticos; eu curti Gaal Dornick, o jovem estudante ingênuo que é escolhido por Seldon para auxiliá-lo e de Salvor Hardin, que encara as duas primeiras crises previstas pelo cientista, utilizando de muita esperteza e dubiedade.

Se você ler prestando bem a atenção, dá para delinear com clareza o fio condutor que Asimov soltou desde a primeira até à última página do livro. Do poder dado aos enciclopedistas, que cai quando eles descobrem que tudo aquilo não tinha passado de uma “enrolação” que Seldon tinha inventado, ao poder exercido pela religião e depois à queda da mesma em razão da ascensão do comércio, tudo é bem pensado. A linguagem do escritor é leve; seu estilo muitas vezes é casual, descontraído, e a ciência aparece sempre de forma a ajudar no andar da trama, nunca de forma inacessível.

Eu gosto de fantasia, nunca tinha lido nada sci-fi a esse nível, mas posso dizer que adorei o autor e que com certeza vou terminar de ler a trilogia principal de Fundação!

No blog Livrismos, aliás, há uma lista de possíveis formas de ler toda a coleção ( https://livrismos.wordpress.com/2014/01/31/como-ler-fundacao-de-isaac-asimov/) , e dá para destacar esta aqui:

como ler fundaçãoSabia da página oficial do LA no facebook? Curte lá! https://www.facebook.com/pages/Livro-Arb%C3%ADtrio/346927425478431?ref=aymt_homepage_panel

Anúncios

2 comentários sobre “Primeiro livro da série Fundação, de Isaac Asimov

  1. Oiii Karla!!!
    Poxa, muito interessante! Li o “Eu, robô” mês passado e não foi tão bom quanto eu esperava. Mas também tenho “A fundação” e pretendo ler, ainda mais depois dos seus comentários! Só vou dar um tempinho do Asimov por enquanto…
    Adorei o quadrinho final, sempre fiquei confusa quanto à ordem da série! 😀 Hahahahaa!
    Beijãooo!
    Nati

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s