70 Anos de Segunda Guerra Mundial

segunda guerra mundial1A Segunda Guerra Mundial encerrou-se na Europa em maio de 1945, quando as forças aliadas conseguiram derrotar o nazismo alemão. A guerra ainda prosseguiria no Pacífico, em que EUA e o Japão lutaram até os ianques conseguirem a rendição total do império japonês ao lançar duas bombas atômicas sobre o Hiroshima e Nagasaki.

A morte de Hitler e a dominação de Berlim, no entanto, são lembrados como os marcos que puseram fim à guerra mais sangrenta da História. Foram seis anos de batalhas épicas, de “sangue, suor e lágrimas”, holocausto, chacinas, resistências. Não à toa é um período farto para pesquisas e obras artísticas até hoje, tornando-se quase fonte inesgotável, pois sempre há um ângulo ainda não explorado sobre a Segunda Guerra Mundial. A magnitude dela ainda está cravada na memória da humanidade.O LA montou uma lista de livros, filmes e séries para você que curte o assunto, assim como eu, e que deseja entender o contexto do período além dos livros de História.

Livros: 

Há um tempo têm saído vários livros que abordam a temática da Segunda Guerra Mundial, e que se tornaram sucesso, aliás. Um dos livros que mais gosto e que traz a própria Morte narrando os acontecimentos ( e sendo irônica e melancólica ao dizer que naqueles tempos trabalhara demais) é o ótimo A menina que roubava livros, de Marcus Zusak.Outro livro que também aborda a visão dos acontecimentos sob o ponto de vista das crianças é O Menino do Pijama listrado, de John Boyne, que fala sobre o terrível e abominável holocausto contra os judeus. Inverno no Mundo, de Ken Follett é o segundo volume da Trilogia O Século, e traz com uma descrição absurda ações e personagens que viveram naquela época, em várias frentes de batalha. Sentimento do Mundo, de Drummond, traz poemas que são como socos diretos no rosto de uma sociedade que agonizava com uma guerra que atingiu, realmente, a todos. Apesar de tratar de uma temática tão pesada, há um livro que consegue divertir tendo o evento como pano de fundo: o hilário Nem só de Caviar Vive o Homem, de J.M.Simmel.

livros segunda guerraCongresso Internacional do Medo

Provisoriamente não cantaremos o amor,
que se refugiou mais abaixo dos subterrâneos.
Cantaremos o medo, que esteriliza os abraços,
não cantaremos o ódio, porque este não existe,
existe apenas o medo, nosso pai e nosso companheiro,
o medo grande dos sertões, dos mares, dos desertos,
o medo dos soldados, o medo das mães, o medo das igrejas,
cantaremos o medo dos ditadores, o medo dos democratas,
cantaremos o medo da morte e o medo de depois da morte.
Depois morreremos de medo
e sobre nossos túmulos nascerão flores amarelas e medrosas. ( Carlos Drummond de Andrade)

Filmes: muitas obras cinematográficas têm a Segunda Guerra como tema. Daí vieram grandes clássicos da Sétima Arte, como Casablanca, ou outras obras que até tentaram, mas apesar do investimento e dos efeitos visuais incríveis não foramO-RESGATE-DO-SOLDADO-RYAN tão bem aclamados, como Pearl Harbor. Recentemente, inclusive, esse período esteve presente em filmes como Corações de Ferro e O Jogo da Imitação, além do filme brasileiro, que inclusive está em cartaz, Estrada 47, que narra a luta dos pracinhas brasileiros na Itália. Dentre os que mais gosto está O Resgate do Soldado Ryan, cuja cena incrível do Dia D ( o desembarque das tropas Aliadas na praia da Normandia) até hoje me parece fascinante. Também podem-se citar filmes como A vida é Bela ( quem não viu esse filme e não lembra do “buongiorno pricipessa”?); Bastardos Inglórios; A Lista de Schindler e O Pianista, dentre os muitos que ajudam a recontar esta parte da história mundial.

collagem de filmes segunda guerra

Séries: 

Da experiência e “do que gosto que tomaram pela coisa”, a parceria entre Steven Spielberg e Tom Hanks que arrasou em O Resgate do Soldado Ryan foram produzidas aquelas que são as séries mais lembradas quando o assunto é Segunda Guerra: Band Of Brothers e The Pacific. “Band of Brothers acompanha a história da “E” Easy Company, o 506º Regimento da 101ª Divisão Aerotransportada, desde o treinamento inicial da equipe, em 1942, até o final da 2ª Guerra Mundial. Com um papel primordial para a resolução do conflito, eles foram uma das unidades de maior sucesso na história militar americana.” (http://www.adorocinema.com/series/serie-306/). “Da equipe criativa por trás de Band of Brothers chega esta minissérie de dez horas reconstituindo os passos de três fuzileiros americanos naval, conforme eles lutam na Segunda Guerra Mundial no Pacífico.(http://www.vejoseries.com/the-pacific#ixzz3b5FlOgTG)

Eu assisti às duas e posso dizer que são incríveis! A veracidade em cada detalhe, as armas, os tanques, aviões, a própria caracterização dos personagens reais, tudo isso vale muito a pena de ser conferido. Também cito a série exibida no ano passado sobre as personalidades que se envolveram de forma fundamental nas duas grandes guerras, o drama-documentário Guerras Mundiais, produzidas pelo History Channel.

séries segunda guerra mundial

Anúncios

3 comentários sobre “70 Anos de Segunda Guerra Mundial

  1. Oi, Karla!
    Então, se tem um assunto que amo é guerras! Mas confesso que gosto mais da II. Um livro que li recentemente que aborda o tema é O Cavaleiro de Bronze. Há muitos fatos históricos (e até hoje não sei como a escritora conseguiu retratar Leningrado daquela época tão perfeitamente). O filme A Vida é Bela é incrível, um dos meus preferidos sobre a época ❤ Um, que ainda não vi e que quero muito ver, é Corações de Ferro! Meu irmão assistiu e disse que é ótimo.

    Excelente post! Bem-vinda de volta! ❤ Não suma, moça!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    Curtir

  2. Oiiiiiii Karla!!!!!
    ADOREI essa ideia; a Segunda Guerra Mundial foi um acontecimento fundamental no curso da História, e é incrível o fascínio que exerce sobre tanta gente, né? Provavelmente a causa desse fascínio são os absurdos dessa época, o extermínio, o descaso com seres humanos e sua dor e sua morte. Mas é o tema campeão de audiência entre alunos. Todos querem ouvir sobre a Segunda Guerra.
    Também gostei muito de “A menina que roubava livros” e “O menino do pijama listrado” (os filmes ficaram boas adaptações também). Lembro até de pensar sobre “A menina que roubava livros”: “Nossa, que bom que esse livro está na lista dos mais vendidos! Que bom que as pessoas estão lendo livros com essa qualidade!”. “Sentimento do mundo” já li, mas não me lembro de muita coisa. Adoro Drummond, então vou atrás dele de novo. A trilogia do Ken Folett, comprei o primeiro livro por sua indicação! 😀 Só que o tamanho me desanimou por enquanto… um dia eu leio tá? Hahahaha!
    E tem tantos filmes bons sobre essa época…! Confesso que me emociono demais (= choro litros) com “A vida é bela”; Ô FILME MARAVILHOSO!!!!!!!!
    Beijão!!!
    Nati

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s